Alimentos que contêm lactose x Alimentos que não contêm lactose: quais são?
Siga-nos!

Siga-nos


Saúde Digestiva

Encontre aqui no blog Lactosil matérias sobre os benefícios do leite e seus derivados, o universo da gastroenterologia como a restrição alimentar e a má digestão da lactose, receitas e qualidade de vida e bem-estar.

4 semanas atrás

Alimentos que contêm lactose x Alimentos que não contêm lactose: quais são?

Lactose é o nome do açúcar natural encontrado no leite e seus derivados, responsável por dar aquele leve gosto adocicado a eles. Ela é formada por alguns carboidratos e é uma excelente fonte de energia, além de contribuir para a absorção de cálcio no organismo, mantendo o nível de cálcio nos ossos na quantidade ideal. Dessa forma, doenças como osteoporose podem ser evitadas.

 

Alimentos que contêm e não contêm Lactose

 

Todos os alimentos contem lactose?

 

Quando falamos de lactose, logo nos vem à mente o leite e seus derivados, não é mesmo? Ainda que esses alimentos sejam as fontes mais comuns deste “açúcar”, não são os únicos. Saber quais são os alimentos que contêm ou não lactose é uma das dúvidas mais comuns na vida de quem tem intolerância à lactose. Sendo assim, separamos aqui algumas classificações de alimentos que tem e quais não possuem a lactose em sua composição.

 

Os alimentos produzidos com leite animal e seus derivados contêm lactose, como o creme de leite, leite condensado, leite em pó, iogurte, doce de leite, requeijão, queijo, e também todos os alimentos elaborados com esses ingredientes, como bolos, crepes, pudins, sorvetes, brigadeiros, tortas, pizzas, sanduiches, etc.

 

Alimentos com baixo teor de lactose e alimentos zero lactose

 

Temos uma classificação dos alimentos que contêm BAIXO TEOR DE LACTOSE, como a manteiga, o creme de leite, a maionese caseira e o iogurte caseiro, por exemplo. Esses produtos sofrem uma redução da lactose no seu processo de fabricação, de forma natural.

 

Já os alimentos com ZERO LACTOSE são os produtos de origem láctea (leite e seus derivados) que, com a aplicação da enzima lactase (enzima que faz a quebra da lactose no organismo), tem o seu teor da lactose reduzido a zero. Hoje é possível encontrar muitos desses produtos no mercado e com facilidade, como o leite em pó e líquido, leite condensado, creme de leite, queijo, manteiga, iogurtes, entre outros.

 

Existem alternativas para os alimentos com lactose?

 

Contamos também com os alimentos que NÃO POSSUEM LACTOSE. São alimentos similares aos laticínios que já conhecemos, mas que não são de origem animal, e sim, vegetal. Nessa classificação alimentar podemos encontrar diversos tipos de leite e derivados, como o leite de soja, de amêndoas, de coco, castanhas, entre outros. Há também leite condensado, creme de leite, manteiga, iogurte, queijo e outros laticínios. Um diferencial destes alimentos vegetais, é que além de não possuírem lactose, também são zero proteína do leite. Portanto, pode ser consumido por intolerantes à lactose e também por quem é alérgico ao leite.

 

A manteiga Ghee e os queijos de alta maturação, como alguns tipos de parmesão e pecorino toscano, são produtos que, durante seu processo de fabricação, tiveram a lactose totalmente eliminada de sua composição. Nesses alimentos, o teor de lactose é indetectável.

 

Além destes, as carnes, frutas, legumes e verduras são alimentos que não são produzidos com nenhum tipo de laticínio, portanto, sem lactose.

 

ATENÇÃO: As carnes processadas e as carnes congeladas também estão entre os produtos que possuem lactose. A manteiga, o leite em pó e o soro do leite são frequentemente adicionados ao preparo de presuntos, linguiças e salames.

 

Existem vários alimentos que possuem lactose em sua composição e não imaginamos

 

Alguns deles são:

 

  • Granola – Normalmente ela é preparada com uma mistura de grãos crus, frutas secas, nozes e sementes. Mas, pode possuir produtos lácteos “escondidos” em sua composição.

 

  • Barra de cereais – Normalmente, esses produtos têm leite em pó desnatado, manteiga ou soro do leite e, às vezes, os três ingredientes ao mesmo tempo em sua composição. Cereais matinais, daqueles industrializados voltados para o café da manhã também entram nesse item.

 

  • Batatas instantâneas – Leite e creme de leite são ingredientes utilizados neste tipo de alimentos para trazer crocância e cremosidade para sua versão final.

 

  • Temperos – Muitas especiarias carregam a lactose em forma de leite em pó e/ou creme de leite em sua mistura.

 

  • Queijo de soja – Apesar do leite de soja ser zero lactose, o queijo de soja leva lactose em sua produção. Isso, porque a caseína (proteína presente no leite), é utilizada durante o processo.

 

  • Macarrões Instantâneos e Achocolatados também podem conter lactose.

 

Existem remédios que possuem lactose em sua composição, você sabia?

 

A melhor e mais indicada forma de saber se um produto tem ou não lactose, é lendo o rótulo dos alimentos antes de comprá-los. Mas alguns remédios, como os suplementos vitamínicos, por exemplo, também levam lactose na sua composição, e por isso, ler os ingredientes se torna conduta indispensável aos intolerantes à lactose.

 

Aos intolerantes à lactose, ler o rótulos dos alimentos deve se tornar algo comum e rotineiro. Então, algumas frases nas embalagens dos produtos merecem atenção na hora de consultar, como “Pode conter…”, “Possui traços de leite, soja, ovos, etc”. Elas indicam que componentes laticínios estão presentes naquele alimento em questão. Em caso de duvida, contate o SAC do fabricante do produto.

 

Sem lactose nem sempre significa sem proteínas do leite!

 

É importante que esta diferença seja analisada com cautela para não correr o risco de ingerir um alimento errado. Um exemplo são iogurtes e queijos elaborados com leite animal. Eles podem ser sem lactose, mas certamente não serão livres de proteínas do leite. Neste caso, dê preferencia aos alimentos de origem vegetal.

 

É importante ressaltar que a lactose é um componente importante para a formação, crescimento e fortalecimento da criança, bem como ao longo da vida como fonte de energia e fortalecimento ósseo. A ausência de leite na dieta pode levar à deficiência de cálcio, vitamina D, riboflavina e também de proteína. Talvez seja necessário encontrar novas maneiras de acrescentar cálcio à sua dieta ingerindo alimentos que tenham mais cálcio (folhas verdes, ostras, sardinhas, salmão enlatado, camarão, laranja, cenoura, brócolis, ovos, etc.).

 

Sendo assim, não é indicado que a lactose seja retirada totalmente da dieta por longos períodos, na medida do possível.

 

Fazer acompanhamento com um profissional nutricionista é a forma correta de seguir uma dieta com a quantidade adequada de alimentos e nutrientes necessários para as suas condições de saúde.

Mais em Saúde Digestiva

Receba nossas novidades

Preencha o campo abaixo com o seu e-maile receba todas as novidades do nosso universo em primeira mão.