Conheça a relação entre a intolerância à lactose e os probióticos
Siga-nos!

Siga-nos


Saúde Digestiva

Encontre aqui no blog Lactosil matérias sobre os benefícios do leite e seus derivados, o universo da gastroenterologia como a restrição alimentar e a má digestão da lactose, receitas e qualidade de vida e bem-estar.

1 mês atrás

Conheça a relação entre a intolerância à lactose e os probióticos

Podemos dizer que o corpo humano precisa de diversas informações e processos para viver bem. O nosso sistema imunológico começa a ser formado desde a gestação. Após o parto, a amamentação é essencial para um bom desenvolvimento do bebê e principalmente seus microrganismos. Quando adultos, continuamos nossa evolução e começamos a consumir outros alimentos que nos proporcionam novos nutrientes. Mas e quando temos uma falha invisível? Confira nesse artigo qual a relação entre intolerância à lactose e os probióticos.

 

relação entre a intolerância à lactose e os probióticos

 

O que é a intolerância à lactose?

 

É uma falha no sistema digestivo, mais precisamente no intestino delgado, de forma total ou parcial, de digerir o açúcar presente no leite e seus derivados, pois não produz a enzima lactase, responsável por essa tarefa em nosso corpo. Sendo assim, esse açúcar viaja por todo o corpo de forma inalterada, o que causa um acúmulo no intestino, onde acaba sofrendo o processo de fermentação, causando alguns desconfortos ao paciente.

 

É estimado que no Brasil, pelo menos 70% da população sofre, em algum grau, desse distúrbio, que pode ser leve, moderado ou grave

 

Tipos de intolerância à lactose

 

  • Congênita: mesmo que rara, a deficiência congênita é considerada crônica em seus portadores. Ela é desenvolvida devido a uma falha genética e a criança já nasce sem a possibilidade de produzir a enzima lactase;

 

  • Primária: é a mais comum. Após o início da adolescência, nosso corpo começa a produzir menos a enzima e com isso a deficiência ocorre de forma gradual até o fim da vida;

 

  • Secundária: Acontece devido a doenças adquiridas que afetem o sistema digestivo, principalmente o intestino, como a doença de Crohn ou celíacos. Neste caso a intolerância pode desaparecer após o tratamento da doença principal causadora.

 

Quais os sintomas da intolerância à lactose?

 

Apesar de ser uma deficiência invisível aos olhos, ela afeta diretamente nosso cotidiano, pois os principais sintomas são atrelados ao sistema digestivo, sendo os mais comuns: flatulências elevadas, diarreias, náuseas e vômitos, distensão e cólicas abdominais, e até mesmo assaduras, pois devido a fermentação que acontece no intestino as fezes podem ser mais ácidas, causando ardência no momento da evacuação.

 

Como cuidar da intolerância à lactose?

 

É possível conviver com a intolerância e até mesmo que ela desapareça, dependendo do seu tipo, mas primeiro o paciente precisa tirar todo o leite e qualquer alimento que tenha ou venha dele. Assim de imediato a pessoa sentirá o alívio dos sintomas e oferece um tempo para o corpo se recuperar dos males causados pela fermentação.

 

Em seguida o médico pode optar por prescrever algum suplemento que contenha a enzima lactase e, assim, o paciente deve ingerir antes de consumir produtos derivados de leite. Uma opção que pode ser aliada a essa manobra é a retomada de ingestão de alimentos lácteos aos poucos, para entender o limite do corpo na produção da lactase e assim a pessoa se adaptar a essa nova realidade pessoal.

 

E sendo assim, podemos também inserir na nossa rotina o uso de  probióticos, que podem auxiliar nesse e demais processos do nosso organismo.

 

 

O que são probióticos?

 

Probióticos são microrganismos vivos que atuam diretamente em nossa microbiota, também popularmente conhecida como flora intestinal, que abriga trilhões de microrganismos e é responsável por diversas funções do nosso organismo, como por exemplo, o sistema imunológico. Eles ajudam na absorção de nutrientes dos alimentos que consumimos no dia a dia, extraindo o máximo de coisas positivas e mandando para o corpo o que ele precisa, ajudando inclusive a fortalecer nosso sistema imunológico.

 

Como os probióticos funcionam?

 

O nosso corpo é cheio de microrganismos bons e ruins, eles formam o nosso organismo e convivemos com eles diariamente. Os probióticos atuam de forma viva e ativa para aumentar o máximo possível a quantidade de “bichinhos” bons no nosso corpo, ajudando assim a termos uma vida mais saudável e sermos mais resistentes a possíveis males.

 

Você pode ver aqui no nosso blog mais benefícios dos probióticos para seu intestino e como ele é importante para seu dia a dia, sempre aliado com hábitos saudáveis de vida.

 

Onde encontrar probióticos?

 

Os probióticos naturais são provenientes de alimentos com algum grau de fermentação como: leites fermentados, produtos orientais a base de soja ou até mesmo levedura natural utilizada na produção de pães ou bolos. Também é possível encontrar em menor quantidade em queijos que tiveram seu cultivo de maneira viva, preservando assim os microrganismos vivos. Outra forma de encontrar probióticos é nos suplementos alimentares a base de probióticos, como Lactosil Flora, que combina a liberdade proporcionada pela enzima lactase e os benefícios do probiótico para a saúde gastrointestinal.

 

E o iogurte natural?

 

O iogurte natural é um excelente probiótico, mas se atente, para que um alimento seja considerado dessa categoria deve conter as bactérias Streptococcus thermophilus e Lactobacillus bulgaricus. Existe no mercado muito produto que se passa por algo que ele não é, por isso os intolerantes à lactose, por exemplo, devem sempre estar atentos aos alimentos que ingerem, já que segundo especialistas, o iogurte é o único alimento derivado de leite que esses pacientes podem ingerir, já que para chegar a quantidade de lactose presente num copo de leite é preciso tomar muitos “copinhos”.

 

É hora de banir a lactose do seu dia a dia?

 

A lactose está presente num dos alimentos mais importantes para o humano, o leite. Ele é responsável por cargas gigantes de cálcio, que fortificam nossos ossos, a principal estrutura do nosso corpo. Por isso, o ideal é que ainda ocorra o consumo desse alimento, entendendo e respeitando os seus limites e necessidades.

 

Conheça Lactosil Flora, um suplemento alimentar que combina a liberdade da enzima lactase com os benefícios do probiótico, atuando assim na flora intestinal e podendo contribuir para a saúde gastrointestinal.

Mais em Saúde Digestiva

Receba nossas novidades

Preencha o campo abaixo com o seu e-maile receba todas as novidades do nosso universo em primeira mão.