Quanto tempo a lactose fica no organismo?

0800 016 5678 - 8h às 17h | Segunda a Sexta

BLOG

Quanto tempo a lactose fica no organismo?


Quanto tempo a lactose fica no organismo? Essa é uma pergunta bastante frequente para as pessoas que sentem os desconfortos causados pela má digestão ao ingerir alimentos que contém lactose. No artigo de hoje vamos responder essa e outras perguntas sobre o assunto, e explorar um pouco mais sobre a importância do consumo de leite para nosso bem-estar geral.

 

lactose fica no organismo

 

O que é lactose?

A lactose é um carboidrato que dá o gosto adocicado ao leite de origem animal, entretanto, ela é o carboidrato menos doce entre os acúcares. A lactose é um carboidrato que abastece nossas células com energia e para que esse processo aconteça da forma apropriada, é necessário que a lactose seja quebrada em duas partes menores, a galactose e a glicose. A enzima lactase é a responsável por esse processo e com isso facilita a absorção pelo nosso organismo.

 

O processo de digestão da lactose

A lactose fica em nosso organismo durante o processo digestivo. Isso depende do tempo de trânsito do trato gastrointestinal e cada pessoa tem o seu tempo. A lactose fica em nosso organismo enquanto está sendo digerida. Quando há fabricação normal da enzima lactase, isso leva algumas horas, a lactose é quebrada em açúcares menores no intestino delgado e estes açúcares são absorvidos, desaparecendo do intestino.

 

Por outro lado, quando existe uma deficiência na produção da enzima, a lactose vai até o intestino grosso e quem aproveita a lactose são as bactérias que lá residem. É esta chegada até o intestino grosso que pode levar mais tempo.

 

Se o organismo não tiver deficiência da enzima lactase, o processo digestivo acontece naturalmente e a pessoa não sente nada. Agora, em casos da deficiência da enzima, a pessoa pode apresentar uma série de desconfortos após a ingestão de leite e derivados, porque ela chega praticamente intacta no intestino grosso e lá é fermentada pelas bactérias. Esta fermentação gera alguns desconfortos para a pessoa e entre os mais comuns estão:

 

  • Inchaço
  • Dor, desconforto ou incômodo na barriga
  • Inchaço ou sensação de inchaço na barriga
  • Gases
  • Diarreia ou mesmo prisão de ventre em algumas pessoas
  • Náuseas e vômitos, geralmente em mais jovens.

 

Quanto tempo costuma durar os sinais de desconfortos ligados à má digestão da lactose?

Os desconfortos normalmente começam de 30 minutos a 2 horas após a ingestão de alimentos que contenham a lactose e podem levar de 6 a 12h.

O começo dos desconfortos, Aa sua duração e a sua intensidade são questões que costumam variar da dependência – principalmente – da quantidade de lactose continha no alimento e do quanto de enzima lactase o organismo fabrica. Além destes, outros fatores podem influenciar, como aquele comentado do tempo de trânsito do trato gastrointestinal, se a pessoa tomou apenas leite, se foi queijo, ou se ingeriu alimentos derivados do leite com outros tipos de alimento.

 

Como a lactose é eliminada pelo nosso organismo?

Uma vez ingerida, a lactose seguirá seu caminho. Não existe um alimento que a faça desaparecer, mas quando a pessoa ingere a lactose contida no leite ou alimentos lácteos junto com outro tipo de alimento, principalmente os gordurosos, o organismo reagirá com menos intensidade nos desconfortos.

 

De qualquer maneira, sentir desconforto ao ingerir qualquer tipo de alimento é sinal de que algo não está bem, principalmente se esses desconfortos forem repetitivos, se estiverem acontecendo com maior frequência ou aumentando a intensidade. Essa é a hora de procurar o especialista, um gastroenterologista, que pode estabelecer um diagnóstico e propor alternativas para auxiliar a retomada da qualidade de vida.

 

Se a lactose gera esses desconfortos, por que é necessário consumi-la?

Ao consumir a lactose, estimulamos o nosso intestino a aumentar a população de bactérias benéficas, pois hoje se sabe que a lactose funciona como um alimento para essas bactérias. A ingestão da lactose também reduz o pH intestinal, ajuda a regular a flora intestinal e aumenta a sua resistência, além de proporcionar uma melhor absorção de nutrientes como o cálcio, magnésio, zinco e manganês. Além disso, sua digestão pelas bactérias benéficas produz substâncias que reforçam as células do revestimento do nosso intestino.

 

É possível viver sem a lactose?

Sim. Apesar de sabermos dos benefícios nutricionais de um alimento completo como o leite, é possível buscar em outras fontes a proteína, as vitaminas e os sais minerais que ele traz consigo. Então teremos que juntar alguns alimentos para substituí-lo. Além do que, o leite é o melhor alimento para fornecer o cálcio que tanto precisamos para a nossa saúde.

 

Benefícios da lactose ao nosso organismo

Como vimos, a lactose é um alimento essencial para a saúde geral do trato gastrointestinal, contribui para o crescimento e manutenção das bactérias boas o nosso intestino, servindo como alimento para as células de revestimento da parede intestinal, reforçando-as para se manterem fortes e nos proteger de bactérias ruins. O leite como um todo, fornece uma série de substâncias alimentares como proteínas para os músculos, cálcio para os ossos, vitaminas e sais mineiras, ainda contém uma substância chamada ceramidas, que é um componente muito comum em produtos cosméticos para a pele.

 

Como continuar consumindo alimentos que contêm lactose

Caso você sinta desconfortos após o consumo de leite e derivados, existe uma alternativa: a suplementação através da enzima lactase. A enzima lactase, como já foi dito, é responsável pela quebra da lactose, facilitando assim a absorção desse açúcar pelo nosso intestino e auxiliando a digestão. Essa enzima é igual a fabricada pelo nosso organismo, sendo muito segura e prática para consumir. Para saber mais, é só clicar aqui.

 

Para ler mais a respeito, você pode clicar nos links abaixo:

 

Portal Terra

Portal Minha Vida

Portal Saúde Abril

Sociedade Brasileira de Pediatria

Receba nossas novidades

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e receba todas as novidades do nosso universo em primeira mão.